12 de jan de 2013

DO MAR



Aqueles de um país costeiro, há séculos,
contêm no tórax a grandeza
sonora das marés vivas.
Em simples forma de barco,
as palmas das mãos. Os cabelos são banais
como algas finas. O mar
está em suas vidas de tal modo
que os embebe dos vapores do sal.
Não é fácil amá-los
de um amor igual à
benignidade do mar.


Fiama Hasse Pais Brandão

16 de out de 2012

Para Sempre

Por que Deus permite
que as mães vão-se embora?
Mãe não tem limite,
é tempo sem hora,
luz que não apaga
quando sopra o vento
e chuva desaba,
veludo escondido
na pele enrugada,
água pura, ar puro,
puro pensamento.

Morrer acontece
com o que é breve e passa
sem deixar vestígio.
Mãe, na sua graça,
é eternidade.
Por que Deus se lembra
- mistério profundo -
de tirá-la um dia?
Fosse eu Rei do Mundo,
baixava uma lei:
Mãe não morre nunca,
mãe ficará sempre
junto de seu filho
e ele, velho embora,
será pequenino
feito grão de milho.


21 de jul de 2012

Medo

Escalando uma
montanha
Com o medo a me
acompanhar
Sigo a risca a
façanha
De ao topo chegar...

Com as pernas
sempre a tremer
Sigo firme e forte
Sem jamais
estremecer!

E chegando ao topo
Vejo a recompensa
De que tudo posso
olhar
Olhar para a imensa
vista
Sem me cansar! 

(Tania Regina)

20 de jun de 2012

Te amo todo esse tempo


Te amo todo esse tempo ainda não te esqueci;
Te amo para sempre sem você não sou feliz.
A solidão é amarga e fere a minha alma, mas só me faz te amar mais.
Passe o tempo que passar nunca vou deixar de te amar;
Se em outros labios me perdi foi tentando te encotrar.
Pois se me esqueces-te não me faz mas sentido viver nessa vida;
Te amo para sempre ___________________ minha querida.


De: André Luiz dos Santos