2 de jan de 2012

Venturoso Ano Novo



Na vida o tempo
Se revela com dupla função:
Ser um grande aliado
Ou uma grande maldição.
Tu foste o ano de minha bem-aventurança,
Abriste as portas de novos tempos,
Desfizeste a ambiguidade e plantaste a esperança.
És um marco em minha vida,
Pois em ti renovei forças
E encotrei guarida.
Para sempre indelével, és tu, meu ano dourado,
Me fizeste vislumbrar um horinzonte exitoso
E navegar em mares nunca dantes navegados.
Tu és a inspiração de anos vindouros.
Como te aprecio e te aplaudo
Meu ano de ouro
Te esperei com tenaz ansiedade
Mesmo em meio ao caos
E oa desentendimento
Sabia que como luz no fim do túnel,
Despontarias para ser o meu alento.
Seja bem-vindo
Meu ano de ouro,
E sejas o portal promissor de outros anos vindouros.



 Autoria: Alberto Lopes

Um comentário:

Fernanda disse...

Oiii,
acjei seu blog muito bonito. Gostei muito das poesias. estou seguindo vc.

http://cele-bridade.blogspot.com

bjs